Avisos Paroquiais
Receba nosso informativo diretamente em seu e-mail.
09/09: Especial Novena da Padroeira

09/09/2010

A Novena está sendo um momento muito especial de nossa Paróquia. Ao decorrer dos dias nos são apresentados motivos mais que suficientes para amarmos mais e sem medida este Jesus Eucarístico e sua mãe que nos convida a seguirmos este Cristo Glorificado. Hoje, com imenso prazer recebemos Dom Luiz Mancilha Vilela que é Arcebispo de Vitória do Espírito Santo - ES. Ele disse que devemos olhar para  a mística de Maria, como o silêncio, o discipulado, toda a doação e entrega perante a vontade de Deus. Ela que no momento mais doloroso acolheu seu filho nos braços, sem revoltar-se ou questionar-se diante dos planos de Deus. Maria é aquela que escutou e acreditou na Palavra de Deus. Este acreditar implica para nós seguir esta Palavra e viver intensamente os ensinamentos trasmitidos na Sagrada Escritura.

   Baseando-se na Palavra proclamada, na primeira leitura, fica bem claro que, devemos fazer com que Deus seja o centro de nossas vidas, nosso único Senhor. Pois muitas vezes corremos o risco de colocar no lugar de Deus coisas "passageiras" que apresentam um valor apenas momentâneo.
   Se temos Deus como centro, tudo torna-se diferente, Ele passa a presidir a nossa vida, a ponto de, a exemplo de São Paulo podermos dizer: "Não sou eu quem vivo, mas Cristo vive em mim". Temos também a responsabilidade do testemunho, pois longe de nós dar o mau exemplo, ou até mesmo afastar alguém do caminho pelo nosso exemplo negativo. Temos que ser testemunhas vivas, deixar transparecer atitudes que mostrem de fato que Deus é o único Senhor que nos conduz. Dar testemunho é, em primeiro lugar nos apossarmos, de fato, do nosso dever de cristãos batizados. O Batismo nos insere na Igreja, e para dizermos que somos Igreja temos que participar, dar nossa contribuição para a Evangelização dos Povos. Para conseguir viver plenamente este Batismo é preciso que Deus ocupe o primeiro lugar em nossas vidas.
Você já se perguntou que lugar Ele tem ocupado na sua vida?
  Muitas vezes acreditamos que o que fazemos está de bom tamanho, que rezamos de vez em quando, que participamos da missa uma vez por semana e que isso já é o bastante para sermos chamados de seguidores fiéis de Cristo. Mas será mesmo que isto basta? Ir na missa apenas para cumprir o preceito, comungar apenas por comungar? Será mesmo que Deus está ocupando o primeiro lugar em nossa vida quando brigamos com o vizinho, ou mantemos desavenças com alguém? Será que etamos amando Deus acima de qualquer coisa? Amar este Deus acima de qualquer coisa não implicaria também amar o irmão da mesma maneira, já que somos todos criaturas deste Deus tão maravilhoso?
Jesus é o exemplo de amor verdadeiro a Deus. Ele tinha uma preocupação que era o Reino de Justiça que Ele veio instaurar em nosso meio,  por isso tornou-se um grande exemplo, pois amou intensamente até a última consequência que foi a morte, e morte de cruz.
Amar a Deus significa saber perdoar, e não esquecermos de ser misericordiosos. Com isso dom Luiz encerra fazendo um pedido: devemos nos lembrar que, nossa comunidade deve ser uma comunidade de perdão, pois Jesus é o perdão do Pai no meio de nós.
    Pensemos: O perdão, o amor é  real em nossas vidas? O exemplo que Maria e Jesus nos deu estamos seguindo?

Frase do dia: "Temos que fazer diariamente o exercício de colocar Deus em primeiro lugar. Realizar as atividades de nosso dia-a-dia louvando a Deus e com a docilidade de Maria, faz com que tudo se torne mais fácil, nos tornamos melhores, verdadeiras testemunhas" (Frase dita por  Luzia Perrude Lima que é catequista em nossa Paróquia)
Organização PASCOM (Pastoral da Comunicação)

Voltar

 
| Política de privacidade © 2009 Paróquia Nossa Senhora da Soledade. Todos os direitos reservados.