Avisos Paroquiais
Receba nosso informativo diretamente em seu e-mail.
Entrevista Pastoral da Criança

11/09/2010

Pastoral da Criança

Paróquia Nossa Senhora da Soledade

No dia 27 de fevereiro a PASCOM acompanhou o trabalho realizado pela Pastoral da Criança no evento conhecido como Dia da Celebração da Vida. Aproveitamos para ter uma pequena, mas esclarecedora, conversa com a coordenadora da pastoral, Linete Tavares, onde ela explica um pouco do trabalho que realizam.

Pascom: Qual é a história da Pastoral da Criança? Como surgiu?

Linete: A Pastoral da Criança surgiu há 25 anos com a médica sanitarista dra. Zilda Arns na cidade de Jacarezinho, no Paraná. Nessa época, as crianças morriam de desnutrição, diarréia, falta de saneamento básico, o que chamou a atenção da dra. Zilda e a impulsionou a começar o projeto da Pastoral. No começo, trabalhava-se muito com coisas simples, mas efetivas, como a multi-mistura e o soro caseiro. Muitas pessoas não sabem que a multi-mistura, que é composta de farelos de trigo, soja, mandioca, entre outras coisas é, na verdade, um polivitamínico e não uma mistura feita para as crianças ganharem peso. A mistura, também, é usada apenas em casos especiais. Essa mistura é feita pela pastoral na Univap. É interessante explicar, também, que a Pastoral da Criança nasceu na Igreja Católicas mas é uma pastoral ecumênica ou seja, não é feita nenhuma distinção de credo tanto em relação às pessoas que ajudam quanto às famílias assistidas. A pastoral tem um canal direto com o Ministério da Saúde que disponibiliza uma verba mensal de acordo com as famílias cadastradas. Esse dinheiro é destinado para os gastos da pastoral com os materiais necessários para as pesagens, lanches e qualquer outro tipo de gasto que aparecer. Os agentes não recebem nada, é um trabalho voluntário e qualquer pessoa, desde que tenha mais de 18 anos, pode ser líder. Menores de 18 anos, podem trabalhar no grupo de apoio.

Pascom: Desde quando ela existe em nossa paróquia?

Linete: Aqui em nossa paróquia existe há 6 meses e, graças a Deus, tem ido muito bem. Um problema que enfrentamos é que as pessoas acham que a pastoral é feita apenas para crianças pobres, o que não é verdade. A pastoral está aqui para todas as crianças carentes de qualquer coisa, seja na área psicológica, afetiva, mas não material. É uma pastoral de apoio, feita para dar informações para as famílias. Temos, por exemplo, o que chamamos de Articulador de Saúde, que age como um intermediário entre as mães, médicos, postinhos. Caso o postinho não ofereça algum serviço necessário para a mãe ou para a criança, o articulador de saúde corre atrás disso na prefeitura ou até no Ministério da Saúde. Mas, essa é apenas uma das funções do articulador. Ele também passa informações para as mães quanto aos seus direitos, entre outras coisas.

Pascom: Como é o trabalho realizado pelos agentes?

Linete: Nós temos as líderes e as pessoas que apoiam. As líderes, fazem uma capacitaçao de 15 etapas que dura, mais ou menos, 3 meses. Cada líder pode cuidar de até 15 famílias cadastradas. Falamos família pois, assistimos as crianças e as grávidas. As pessoas que trabalham como apoio não tem capacitação e nem podem ter famílias cadastradas mas ajudam as líderes no que for necessário. O nosso trabalho é feito de visitas mensais às famílias, reuniões de avaliação entre as líderes e o Dia da Celebração da Vida. Neste dia, nós fazemos as pesagens, as crianças brincam, comem um lanche saudável e a pastoral tem a oportunidade de se socializar com as famílias. Hoje, nós contamos com 4 líderes, 16 crianças e 3 grávidas.

Pascom: O que os interessados em ser assistidos pela Pastoral devem fazer? E os que querem trabalhar?

Linete: Famílias: devem entrar em contato com a coordenadora da pastoral (Linete), através da secretaria da paróquia. Depois, a pastoral fará uma visita para descobrir as necessidades da família.Os interessados em trabalhar na pastoral devem entrar em contato, também com a coordenadora, participar de um dia da Celebração da Vida, conhecer o trabalho, ir nas reuniões e fazer a capacitação. A próxima capacitação começará no dia 23 de Março.

Site: www.pastoraldacrianca.org.br

A paróquia agradece a dedicação e todo o trabalho realizado pelas pessoas que fazem dessa linda pastoral mais uma maneira de promover a dignidade do ser humano.

Organização PASCOM (Pastoral da Comunicação)

Voltar

 
| Política de privacidade © 2009 Paróquia Nossa Senhora da Soledade. Todos os direitos reservados.